Servidores da Saúde da Previdência e do INSS param as atividades contra a PEC 55

25.11.2016
Do portal do SINDSPREV/PE

CLIQUE PARA AMPLIAR
Irineu Messias, durante ato contra a PEC 55/16, no hall do prédio da SUDENE, em Recife/PE

CLIQUE PARA AMPLIAR

O dia 25 de novembro ficará eternizado como o Dia Nacional de Lutas contra a Proposta de Emenda Constitucional 55, a PEC 55/16. Em Pernambuco, os servidores da Saúde e da Previdência Social aderiram ao movimento e pararam as atividades como forma de protesto. Os trabalhadores também fizeram panfletagem nos pontos de atendimento para esclarecer a população sobre os perigos nas medidas de austeridade do presidente golpista, Michel Temer.

Na Gerência Executiva do INSS no Recife, a mobilização começou cedo, às 7h. O secretário geral do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Federais em Saúde e Previdência Social de Pernambuco (Sindsprev-PE), Luiz Eustáquio, conversou com os funcionários a respeito das ameaças previstas pela proposta para o funcionalismo público e para encorajá-los na luta. ” Essa proposta só vai favorecer aos empresários. Empresários que, com o auxílio da mídia, deram força para colocar no poder esse governo golpista. Querem que a gente pague a conta de anos de sonegação deles e desvios de verbas. Não vamos permitir ” , declarou o dirigente.

Entre os servidores, a insatisfação com a atual conjuntura socioeconômica e perspectiva de piora que se desenha através das ações impopulares do Governo Federal é combustível para a luta. ” É importante que o servidor marque posição contra as medidas que estão destruindo nossas políticas públicas e o direito dos trabalhadores. Não é justo que essa conta sobre para gente. O movimento precisa, sim, acontecer, tomar força e ganhar as ruas. A sociedade, de um modo geral, ainda não tomou consciência dos perigos que a PEC 55 e que a Reforma da Previdência escondem ” , avaliou a representante técnica do Serviço Social da GEX Recife Nathália Teixeira. 

” O que está acontecendo no Brasil é uma vergonha. Não estamos mais vivendo uma democracia plena. O que são esses desmandos senão ditadura? Não dá para ficarmos parados diante disso. É preciso se mobilizar mesmo e se unir para tentar reverter o quadro ” , incitou o técnico de Seguro Social Jacio Santos.

O coordenador geral do Sindsprev-PE, José Bonifácio do Monte, foi às agências do INSS conversar com os funcionários e explicar a importância da mobilização. ” O Sindsprev organizou esses atos em todas as agências da Região Metropolitana e também do interior durante a manhã desta sexta-feira e, no período da tarde, vamos participar da passeata unificada convocada pela Central Única dos Trabalhadores em Pernambuco (CUT-PE). Não vamos descansar até que essa PEC seja derrubada ” , adiantou o sindicalista.

Na Policlínica Centro (PAM Centro), além do movimento paredista, os funcionários aproveitaram para panfletar na Praça da Independência e explicar aos comerciantes e transeuntes como a PEC 55 pode afetar a vida de todos. Também foram feitos atos de protesto e conscientização social nas Agências da Previdência Social de Casa Amarela, Encruzilhada, Corredor do Bispo e Afogados, no Recife, além de Escada, Paulista, Limoeiro, Arcoverde e Barreiros.

Núcleo Estadual do Ministério da Saúde

No Núcleo Estadual do Ministério da Saúde (NEMS), no edifício da Sudene, Engenho do Meio, a mobilização teve início às 9h e foi encabeçada pelo diretores do Sindsprev-PE Irineu Messias, secretário de imprensa, Marcondes Carneiro, Leosina Barbosa e Amara Vital.

“Estamos aqui no Nems convocando nossa categoria e também indo aos locais de trabalho da saúde para explicar os absurdos da PEC da Morte”, destacou Irineu no hall do prédio da Sudene, onde os servidores se concentraram. De acordo com ele é importante esse Dia Nacional de Protestos porque é a única alternativa de contrapor a imposição dessa PEC que retira direitos conquistados arduamente pelos trabalhadores. 

Se aprovada, a PEC vai afetar a vida de todos os brasileiros porque ela limita a construção e manutenção de escolas e universidades e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a entrega de medicamentos gratuitos e as campanhas de vacinação serão afetados.

O ato de protesto teve a participação da advogada Ana Cristina que falou das principais consequências da proposta. “A PEC visa apenas alterar os gastos da saúde, educação e assistência social e vai prejudicar a vida do servidor público, que ficará 20 anos sem reajuste de salário”, destacou a assessora jurídica do Sindsprev-PE. Para a dirigente do Sindsprev, Leosina Barbosa, “o mais grave dessa PEC é a precarização real dos serviços públicos e a extinção do estado democrático de direito para fortalecer um estado de ditadura como está hoje no Governo Temer”.

No Nems foram colocadas faixas  contra a PEC 55 e o Grupo Teatral TV Sindical fez uma apresentação para os servidores que ouviram atentamente  os esclarecimentos sobre os graves  danos causados pelos ataques do Governo Temer  aos funcionários públicos, aos trabalhadores  e à sociedade em geral. Ao final do evento, Irineu Messias  alertou que é importante reagir  às afrontas do governo golpista de Temer com muita determinação e unidade.

Entenda a PEC 55

A proposta já foi aprovada na Câmara dos Deputados como PEC 241 e deve ser apreciada no Senado na próxima semana. A PEC do Teto, como está sendo chamada, prevê o corte nos investimentos em serviços essenciais à população, como saúde, educação e assistência social, por 20 anos.

GEX RECIFE

CLIQUE PARA AMPLIAR     CLIQUE PARA AMPLIAR

CLIQUE PARA AMPLIAR

CLIQUE PARA AMPLIAR     CLIQUE PARA AMPLIAR

PAM CENTRO

CLIQUE PARA AMPLIAR     CLIQUE PARA AMPLIAR

CLIQUE PARA AMPLIAR     CLIQUE PARA AMPLIAR

NEMS

CLIQUE PARA AMPLIAR     CLIQUE PARA AMPLIAR

CLIQUE PARA AMPLIAR

CLIQUE PARA AMPLIAR     CLIQUE PARA AMPLIAR

APS ENCRUZILHADA

CLIQUE PARA AMPLIAR

APS ARCOVERDE

CLIQUE PARA AMPLIAR

APS BARREIROS

CLIQUE PARA AMPLIAR     CLIQUE PARA AMPLIAR

CLIQUE PARA AMPLIAR

****
Fonte:http://sindsprev.org.br/index.php?categoria=noticias_principais_01&codigo_noticia=0000003988&cat=noticias

Anúncios

Um comentário sobre “Servidores da Saúde da Previdência e do INSS param as atividades contra a PEC 55

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s